O Centro de Interpretação da Escultura Românica (CIER), em Abragão, Penafiel, recebeu uma escultura do artista plástico lisboeta Bordalo II, produzida através do reaproveitamento de lixo. “A nova peça expositiva do CIER afirma-se como uma reinterpretação contemporânea da estética românica”, explicou a Rota do Românico, em comunicado.

A obra, tridimensional, colorida e original, foi nomeada de “Boi” e apresenta “uma forte conotação ecológica e social”, características do artista Artur Bordalo, nascido em Lisboa, em 1987. A iniciativa contou com o apoio da Câmara Municipal Penafiel e do Norte2020.

Recorde-se que o CIER abriu ao público em julho deste ano, contando com uma exposição de cerca de 300 metros quadrados, “oferecendo ao visitante a possibilidade de conhecer o contexto temporal, social e cultural da arte românica, destacando a importância dos pedreiros e escultores na sua materialização”.

Pode ser visitado à quinta e sexta-feira, entre as 10 e as 13 horas e as 14 e as 18 horas, e ao fim de semana apenas de manhã, enquanto vigorar o Estado de Emergência.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *