Autor: Traidor Poema / Guerra/ Milho / Sanções / preço / guerra / pandemia / Natal / Bola de Ouro / Santo / Feira / Marcelo / Vazio / Presidente / Farda / Messi / Vacina / Férias / Europeu, "criança"; "Fraude" "Jogo" "Liberdade"; "Juízes", "Política sem vergonha","Presságio, A vitória da frustração", "País doente"

– Marcelo Rebelo de Sousa, actual e malquisto Presidente de alguns portugueses, merece e deve ser investigado pelo MP pelo seu conluio e encobrimento dos pedófilos que oram pelos altares da pouca vergonha sob a cruz do Senhor e de braço dado com os homens negros que envergam batina onde escondem um qualquer “membro” pecador, senão figitivo. Marcelo pensa que os portugueses são pacóvios e não veem nele um farsante palrador e “turista” indesejado. Marcelo tem todas as características que o aproximam da partilha da pedofilia eclésica e com ela parece conviver em paz. Disfarça entre feiras de livros e participações com actuações populares para dar uma de democrata e enganar os fregueses que ainda vão à “missa” dele, arrastando a cruz que ele ajudou a construir e a carregar. Gosta da juventude que o cerca e das selfis em que se auto retrata por entre tal  multidão inocente ou ingénua, em pose de velho decrépito. Diz as bacoradas que diz perante os canais televisivos que lhe dão também vergonhosa cobertura. Ele pensa que a Fé mais Alta o salvará. Põe-se de joelhos após pré aviso às estações e estúdios ou redacções para ampliar e enganar quanto pode, para ficar na história dos pecadores famosos sobre quem pende a imposturice própria dos demagogos licenciados. Tenta, após os falhanços cometidos, explicar-se e esclarecer os duvidosos da sua conduta enquanto defensor dos padrecos pedófilos e destruidores de vidas. Marcelo merece e deve estar debaixo de olho. Do olho de cima, a par de um outro bem aberto que não o perdoa nem que vá pelo seu pé a Fátima as vezes que entender serem necessárias enquanto viajante como tanto gosta e a lavar os pés aos peregrinos que o acompanhem, cheios de dor e sofrimentos vários e proveniências íntimas e muito pessoais que a alma contém!

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.