Um comerciante de 62 anos, de Paços de Ferreira, foi detido pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas da GNR de Penafiel, por violência doméstica e posse ilegal de arma de fogo. O homem é suspeito de agredir a companheira, 22 anos mais nova, de a forçar a relações sexuais e de a incentivar a prostituir-se.

As ameaças, perseguições e chantagens começaram há cerca de cinco anos, quando a mulher decidiu acabar o relacionamento que tinha com o comerciante e abandonar a casa, com o filho de ambos, de 14 anos. Mas já antes, a mulher era vítima de violência sexual, tenho ainda sido incitada, pelo companheiro, a prostituir-se, no salão de massagens que esta administrava no Porto, com o intuito de que esta ganhasse mais dinheiro.

Apurados os factos, o homem foi detido, indiciado dos crimes de violência doméstica e de posse ilegal de arma de fogo, pois as autoridades apreenderam no momento da detenção uma caçadeira de canos serrados e duas armas de ar comprimido.

O detido, foi presente Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, onde lhe foram aplicadas as medidas de coação de proibição de adquirir quaisquer tipo de armas de fogo e de contactar com a vítima, por qualquer forma ou meio, sendo controlado por pulseira eletrónica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *