Morte / Agredir / GNR / Penafiel /violência doméstica / pulseira eletrónica
Fotografia: Guarda Nacional Republicana

Dois homens foram detidos duas vezes esta segunda-feira, num espaço de poucas horas, pelo Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Penafiel. A primeira detenção ocorreu porque se faziam deslocar num automóvel furtado. Cerca de três horas depois foram novamente detidos, depois de terem furtado um outro carro, junto à estação de caminhos de ferro de Penafiel.

A dupla de assaltantes, já conhecida das autoridades por crimes de furto a viaturas realizados em todo o distrito do Porto, foi detida pela primeira vez depois de terem sido avistados num carro acidentado, na EN 106, em Guilhufe, no concelho de Penafiel. Ao aperceberem-se de que os homens, residentes na zona do Porto, se deslocavam num carro furtado e estavam já sujeitos a medidas de coação no âmbito de outros inquéritos por furtos da Polícia de Segurança Pública, os elementos do Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Penafiel detiveram os dois indivíduos, que acabaram por ser libertados ao início da tarde, depois de terem sido constituídos arguidos, sujeitos a termo de identidade em residência e notificados a comparecer em tribunal.

Cerca de três horas depois, a dupla foi novamente detida. Após ter sido participado o furto de uma viatura, próximo da estação de caminhos de ferro de Novelas, em Penafiel, os militares da Guarda efetuaram diligências que permitiram apurar tratarem-se dos mesmos indivíduos, que tinham libertado poucas horas antes.

Os dois homens foram novamente detidos e serão presentes hoje a um juiz de instrução Criminal para aplicação das medidas de coação.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.