Volta a Portugal / João Gomes
Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

João Gomes, jovem ciclista pacense, venceu esta sexta-feira a segunda etapa da Volta a Portugal de Juniores. O atleta da Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel foi o mais rápido nos 129,4 quilómetros que ligam Sabugal a Penamacor e compõem a maior etapa da prova.

“Foi uma sensação muito boa. As últimas provas não me têm corrido muito bem, tive até de desistir de duas delas, uma delas o Campeonato Nacional, e isso desmotiva sempre um pouco. Ontem tivemos um azar com o nosso colega de equipa que estava para a geral e hoje era a minha vez de tentar a sorte. Foi uma chegada muito rápida com muitos toques e estava mal colocado até ao último quilómetro. No entanto, consegui chegar à frente e arranjar uma boa posição para discutir o sprint. Correu tudo bem, dentro do previsto, e conseguimos a vitória”, afirmou o vencedor da etapa, citado em comunicado.

A fuga do dia consolidou-se à entrada do Sabugal, ao quilómetro 32, com Abel Rosado (Teika Team G-Sport) e Diogo Mendes (Academia Ciclismo de Paredes/Penafiel Bike Clube). Nesta altura, o duo levava 40 segundos de vantagem para o grupo perseguidor, composto por Alexandre Moreira (Alcobaça C C/Crédito Agrícola), Nuno Oliveira (Santa Maria da Feira/Segmento d’Época/Reol), João Martinho (Escola de Ciclismo Bruno Neves) e Tomás Mineiro (EFAPEL- Escola Ciclismo Águeda). O pelotão seguia a 1m30s.

Pouco depois, ao quilómetro 56, o grupo perseguidor viria a ser alcançado pelo pelotão. Já o duo que seguia na cabeça de corrida chegou a alcançar uma vantagem de 2m10 para o grupo. A certa altura, a fuga começaria a perder forças, acabando os dois corredores por ser absorvidos pelo pelotão ao quilómetro 88.

O pelotão seguiu compacto até ao final da etapa, com os corredores a se prepararem para uma chegada ao sprint. João Gomes (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel) foi o mais forte nesta chegada, conquistando  a vitória da segunda etapa da Volta a Portugal de Juniores. Sérgio Saleiro (C.C.Barcelos/A.F.F/Flynx/H.M.Motor) foi segundo e Roberto Alonso (Bathco Cycling Team) fechou em terceiro.

Com o pelotão a chegar compacto, António Morgado (Bairrada) segurou a liderança da prova e ainda a camisola branca, de melhor júnior de primeiro ano.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.