Um casal, de 31 e 32 anos, foi identificado pelo Núcleo de Investigação Criminal de Felgueiras da GNR, pelos crimes de furto em armazém e contrafação, em Paços de Ferreira, a operação permitiu às autoridades recuperar cerca de 15 mil euros de material.

A investigação iniciou-se há cerca de três meses, na sequência de furtos de peças de têxteis e de decorações de lar, ocorridos em vários armazéns e culminou com a realização de duas buscas – a uma habitação e a um armazém – nas localidades de Lousada e Marco de Canaveses, onde foi recuperado material no valor estimado de 15 mil euros.

As autoridades apuraram ainda que os suspeitos vendiam os artigos subtraídos em feiras realizadas na zona norte do país, sendo que no decorrer das diligências, foi apreendido material contrafeito, nomeadamente peças de vestuário, que também teriam o mesmo destino.

Os suspeitos foram constituídos arguidos, sendo que o homem tem antecedentes criminais pela prática do crime de tráfico de estupefaciente, furtos e contrafação. Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Paços de Ferreira.