Dois elementos dos Bombeiros Voluntários de Penafiel ajudaram a nascer uma menina, ao início da tarde de ontem, em plena autoestrada A4, dentro do carro da mãe.

O chefe Carlos Penas e a bombeira de 3.ª classe Juliana Moreira, viveram esta quinta-feira, uma experiência que nunca tinham vivido. Perto das 14h30, quando vinham a caminho do Hospital Padre Américo com um doente, numa emergência, aperceberam-se que um carro que vinha atrás da ambulância, com os quatro piscas ligados, começou a dar sinais de luzes.

Pararam na A4, em Croca, Penafiel e foram abordados por um homem. “Disse-nos que a mulher estava a ter o bebé”, contou ao Jornal IMEDIATO Carlos Penas.

Perceberam então que a bebé – uma menina que se vai chamar Diana – já estava a nascer. Deitaram a mulher no banco de trás do carro em que seguia a caminho do hospital, visto terem a ambulância ocupada com um doente que tinha sofrido um golpe num pé e fizeram o parto da menina. “Foi muito rápido. Em cinco minutos a menina já tinha nascido”, explicou o chefe Carlos Penas ao Jornal IMEDIATO, que assim como a colega, viveu pela primeira vez a experiência de colocar um bebé no mundo.

Enquanto os bombeiros ajudavam a menina a nascer, o pai pediu auxílio aos Bombeiros de Vila Meã, que depois fizeram o transporte de mãe e filha para o Hospital Padre Américo, em Penafiel.

“Foi um trabalho de equipa e correu tudo bem. Mãe e filha foram levadas bem para o Hospital, rematou Juliana Moreira.