A celebração do Dia dos Avós é uma atividade já enraizada nas festividades do concelho de Penafiel e, este ano de 2019, não será esquecida. Assim, no próximo dia 26 de julho, os avós do concelho de Penafiel se voltam a reunir no Parque da Cidade, onde haverá atividades para todos os gostos.

O lema deste ano é “Um dia para toda a família”, sendo que as iniciativas são direcionadas a todas as idades, desde insufláveis para os mais pequenos até à exposição de carros clássicos para os graúdos.

A programação começa logo pela manhã, às 9h00, com a receção aos avós, sendo que às 10h00 se realiza a habitual iniciativa que põe os “Avós em movimento”, através de aulas de zumba, ginástica e dança. De seguida, pelas 11h00, tem início a Missa Solene Presidida pelo Reverendíssimo Bispo do Porto.

Mais tarde, às 12h30, chega a hora de almoço, com a realização do tradicional “Mega Pic-nic”. Durante toda a tarde, vários artistas vão subir ao palco e animar todos os presentes.

Todos os avós do concelho e da região estão convidados a participar neste dia especialmente dedicado a eles.

Tal como nos anos anteriores, vai ser feita uma homenagem a Ana Elisa de Couto, natural de Penafiel e mentora do dia dos avós em Portugal. A Penafidelense dedicou vários anos da sua vida para implementar um dia de todos os avós, homenageando-os enquanto transmissores de cultura, história e sabedoria e enfatizando o vínculo que representam entre as antigas e novas gerações.

O Dia Nacional dos Avós foi instituído pela Assembleia da República, em junho de 2003, após inúmeros contactos de Ana Elisa de Couto, uma munícipe de Penafiel, já falecida, que reclamava desde 1986 a oficialização daquele dia.

Avô de 106 anos homenageado no Dia dos Avós

O corte do bolo com 106 metros, que representa os 106 anos do avô mais velho de Penafiel, é um dos momentos alto do dia.

Ele chama-se Vitorino Fernandes (foto), reside em Casais Novos, S. Martinho de Recezinhos e é um dos que se vai juntar à festa do Dia dos Avós, em Penafiel. Vai ser também homenageado, não fosse ele o avô mais velho do concelho de Penafiel. Foi alfaiate durante a sua vida. Viúvo, tem quatro filhos, seis netos, seis bisnetos e já tem trinetos.