antonino1

A Coligação “Penafiel Quer” apresentou este domingo, os rostos do projeto que vai concorrer às próximas eleições autárquicas. Antonino de Sousa encabeça a lista à Câmara Municipal, concorrendo assim ao seu terceiro e último mandato e Alberto Santos volta a ser o candidato à Assembleia Municipal.

Numa cerimónia que decorreu no jardim do Sameiro, Antonino de Sousa apresentou-se aos penafidelenses com a vontade de dar seguimento ao trabalho desenvolvido pela Coligação Penafiel Quer nos últimos oito anos e terminar a missão a que se propôs.

Perante algumas dezenas de pessoas, Antonino de Sousa garantiu que o projeto da Coligação “Penafiel Quer” é um projeto “que se distingue dos demais”, movido pela determinação, perseverança, experiência e vontade de continuar a servir dos elementos que o integram, “gente de bem, generosa e que quer servir as suas comunidades”, referiu.

Perante uma plateia de dezenas de apoiantes, Antonino de Sousa lembrou a complexidade do último ano, devido à pandemia, que obrigou a reajustamentos da estratégia e prioridades. “Tivemos que conferir prioridades aos nossos concidadãos”, assegurou, garantindo que tudo fizeram para conter a propagação da doença e apoiar as famílias e empresas que se viram com mais dificuldades, assim como criando as melhores condições para o processo da vacinação.

“Apesar das dificuldades, honramos os compromissos e prestamos conta do trabalho realizado”, referiu, com a consciência “do dever cumprido”. Enunciando projetos “emblemáticos” lançados neste mandato, Antonino de Sousa defendeu que tem que ser a Coligação a dar continuidade aos mesmos. “Faz sentido interromper estes projetos tão importantes para o nosso concelho? Faz sentido que estes projetos tão importantes para o futuro do nosso concelho sejam concretizados por outros protagonistas que nem sequer os conhecem?”, questionou. “Eu acho que não, acho que nós merecemos dar continuidade a estes projetos e, acima de tudo, o concelho de Penafiel merecem que estes projetos sejam efetivamente concretizados e que se não corra o risco de ficarem pelo caminho”, acrescentou.

Certo de que se avizinham tempos desafiantes, com maiores problemas em termos económicos e sociais, Antonino de Sousa reafirmou a experiência da sua equipa e deixou a sua confiança nos penafidelenses. “Temos para oferecer a nossa experiência, a experiência de quem teve que ligar com uma crise financeira e de quem teve que lidar com o pior desta pandemia que ainda estamos a viver”, referiu, lembrando os desafios do próximo mandato, nomeadamente a negociação de fundos do próximo quadro comunitário, uma negociação “determinante” para o sucesso do concelho nos próximos anos, e a negociação das verbas do Plano de Recuperação e Resiliência. “Não vamos colocar essa responsabilidade nas mãos de quem não tem nenhuma experiência”, apelou.

 

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *