Foi já adjudicada a obra da primeira fase do IC 35, troço entre Penafiel e Rans, com cerca de três quilómetros. As primeiras máquinas devem começar a operar até o Verão.

Este é verdadeiramente o primeiro passo, em concreto, para a construção de uma estrada, muito desejada pela população, há cerca de 20 anos, que quando se encontrar concluída ligará Penafiel a Entre-os-Rios, com cerca de 12 quilómetros, servindo de alternativa à congestionada e perigosa Estrada Nacional 106.

Recorde-se que em maio de 2019 o então Presidente da CIM do Tâmega e Sousa, Armando Mourisco, e o Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa reuniram com o então Ministro das Infra-estruturas, Pedro Nuno Santos, na sequência da subida de tom das críticas e iniciativas populares que reivindicavam uma resposta para a questão do IC 35.

Para Antonino de Sousa, presidente da Câmara Municipal de Penafiel, “esta notícia é uma prenda de aniversário para Penafiel, que celebra este ano 250 anos de elevação a cidade, e não podia ter vindo em melhor altura. Mais vale tarde, que nunca. Sempre fui muito critico com a actuação do actual governo sobre este assunto, mas temos de reconhecer o trabalho feito pelo actual ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, pelos autarcas da região, por algumas forças políticas, sendo quer também não poderia deixar de reconhecer o grande envolvimento e trabalho, do então, Presidente da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, Armando Mourisco.”

Esta obra não é “o partido A ou B, esta obra é uma obrigação que o País tem para com a região, depois de anos e anos de promessas, de avanços e recuos.”