anuncio AV Pacense

O PSD de Paços de Ferreira enviou um comunicado de imprensa lançando críticas à Câmara Municipal pela alteração do local de paragem dos autocarros da Auto Viação Pacense no centro da cidade de Paços de Ferreira.

Na missiva enviada, os sociais-democratas consideram que em oito anos não foi encontrada “uma solução com uma paragem/central de autocarros digna na cidade” e que o resultado resultado “é o desrespeito por todos os concidadãos, ainda mais grave pelo risco criado ao nível da segurança”.

Leia o comunicado na íntegra:

“Humberto Brito desrespeita utilizadores dos transportes públicos do concelho

Ano após ano, erro após erro, todos vamos confirmando a incapacidade e inércia do atual presidente de Câmara. É alguém que não resolve os problemas, apenas os agudiza e empurra para longe da sua governação.

Contudo, o PSD Paços de Ferreira não pode ficar indiferente à falta de respeito que o atual executivo tem tido para com todos os nossos concidadãos que utilizam os serviços de transporte público.

Depois das inúmeras trapalhadas, depois de ser incapaz de ter uma relação construtiva com a Auto-Viação Pacense, depois de, em 8 anos, não ter encontrado uma solução com uma paragem/central de autocarros digna na cidade, depois de 8 anos de nada feito, só se assiste a tristes peripécias! Mais uma vez, o resultado é o desrespeito por todos os concidadãos, ainda mais grave pelo risco criado ao nível da segurança.

Senhor presidente de Câmara, o cargo que ainda ocupa não serve para fazer “birrinhas”, mas para resolver problemas e encontrar soluções. Sinónimo disto é a proibição, mais uma vez, de os passageiros poderem entrar e sair nos autocarros junto do edifício da Pacense, colocando a paragem num local não identificado, e sem segurança ou abrigo!

O PSD Paços de Ferreira lamenta ainda que o atual presidente de Câmara não tenha realizado o trabalho que lhe competia junto da CIM, para que hoje pudéssemos estar melhor ao nível dos transportes públicos!
A partir de outubro, e com a liderança de Alexandre Costa na Câmara Municipal, serão dadas as respostas adequadas para a mobilidade com os transportes públicos no nosso concelho, e que irão de encontro às reais necessidades dos concidadãos.”

Contactada pelo IMEDIATO, a Câmara Municipal de Paços de Ferreira não prestou declarações sobre o tema.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *