O Ministério da Administração Interna anunciou, através de uma nota à comunicação social, que até às 18:00 desta segunda-feira foram detidas 81 pessoas e encerrados 1. 565 por incumprimento das ordens do Governo.

Na nota, é referido que desde 22 de março que “a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública têm vindo a desenvolver uma intensa atividade de sensibilização, vigilância e fiscalização junto da população”.

Assim, no espaço de apenas apenas oito dias foram detidas 81 pessoas pelo crime de desobediência, mais especificamente pela violação da obrigação de confinamento obrigatório e “por outras situações de desobediência ou resistência” às autoridades.

As forças policiais, também incumbidas de inspecionar os estabelecimentos comerciais, encerraram 1.565 espaços que não cumpriram as normas estipuladas pelo Governo de António Costa.

O MAI também apelou ao “cumprimento rigoroso das medidas impostas pelo estado de emergência” de forma a conter a propagação do coronavírus.

ouro e prata