No dia em que se assinalou o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres (dia 25 de novembro), a Guarda Nacional Republicana lançou uma campanha nacional de sensibilização, denominada #NãoSouUmSaco, com o objetivo de contribuir para a prevenção e o combate à violência doméstica, especificamente a que atinge vítimas do sexo feminino. O município de Penafiel foi um dos 160 municípios do país que se associou a esta iniciativa, que será materializada pela exposição da imagem da campanha em centenas de locais, de norte a sul do país.

Executada a partir de uma imagem criada pela Divisão de Comunicação e Relações Públicas da GNR e originalmente publicada nas suas Redes Sociais, a campanha #NãoSouUmSaco resulta de um desafio lançado pela Guarda a todos municípios de Portugal Continental, no sentido de se associarem, através da disponibilização de espaços publicitários para afixação da imagem da campanha, sob a forma de painéis de grandes dimensões (Outdoors), mobiliário urbano para informação (MUPI’s), folhetos ou outras.

Desta forma, a campanha da GNR tem como parceiros mais de 160 municípios, entre os quais os municípios do Tâmega e Sousa de Penafiel, Felgueiras, Marco de Canaveses e Amarante, que decidiram aderir a esta causa, garantindo-se uma alargada difusão desta imagem, intencionalmente forte e impactante, e uma ampla transmissão do apelo à denúncia. Recorde-se que, para além de ser um crime, tantas vezes com consequências fatais, a violência doméstica constitui uma preocupação prioritária da Guarda. Trata-se, pois, de uma iniciativa enquadrada numa estratégia de consciencialização, que visa contribuir para a mudança de comportamentos da sociedade e para a progressiva intolerância social face à violência doméstica, uma vez que este flagelo impõe a adoção de estratégias multissetoriais e de respostas rápidas de múltiplas naturezas.