Uma mulher de 93 anos foi assassinada pelo marido de 89, com dois tiros na cabeça, na manhã desta quinta-feira em Raimonda, Paços de Ferreira. Maria Assunção Alves foi encontrada por uma sobrinha, já sem vida, depois de ter sido alertada do crime, pelo homicida.

As discussões entre o casal já eram conhecidas dos amigos e familiares e tiveram, esta sexta-feira, o pior dos desfechos. Perto das 7h30 da manhã, José Augusto Alves desentendeu-se mais uma vez com a mulher, disparando sobre esta dois tiros, de uma arma ilegal, que a atingiram mortalmente na cabeça.

José Augusto Alves alertou uma sobrinha da mulher e as autoridades. Quando a GNR chegou ao local, o octogenário confessou o crime. Foi levado para o Posto da GNR de Freamunde, tendo depois sido transferido para a Polícia Judiciária até ser presente a juiz para primeiro interrogatório judicial.

Apesar das agressões de que era vítima, Maria Assunção Alves, sempre negou que o marido a maltratasse. O casal estava já sinalizado pela ação social da autarquia pacense. Apesar de a mulher nunca ter assumido as agressões por parte do marido, os serviços sociais da autarquia já tinham apresentado duas denúncias ao Ministério Público.