Um homem de 51 anos morreu eletrocutado na tarde de ontem, na sua habitação no Lugar de Valinhos, em Sobreira, Paredes, quando foi desligar a ficha que alimentava o cortador de relva.

Ao que o Jornal IMEDIATO apurou, Rui Moreira estava em casa a cortar a relva no jardim da sua casa, quando se deu o acidente. O especialista ferroviário executava a tarefa descalço e sofreu uma descarga elétrica que se revelou fatal, quando foi desligar a extensão que levava a eletricidade ao cortador de relva.

Rui Moreira, que foi candidato pela CDU à Junta de Freguesia de Sobreira nas autárquicas de 2009 e 2013, foi sujeito a manobras de reanimação pelos elementos da Delegação da Sobreira da Cruz Vermelha Portuguesa, mas não resistiu.

No local do acidente esteve a GNR de Paredes e uma equipa de psicólogos do INEM a prestar apoio à família.

Rui Moreira era casado e tinha um casal de filhos, um dos quais menor de idade.

ouro e prata