violência doméstica


Um militar do posto da GNR de Paços de Ferreira sofreu ferimentos no rosto e braços depois de ter sido agredido quando tentava pôr fim a um ajuntamento, na zona da Cavada, em Paços de Ferreira.

O incidente aconteceu quando a patrulha se deslocou a uma habitação, após denúncia devido ao excesso de barulho, alegadamente devido a uma festa que ali decorria, na qual estavam cerca de 30 pessoas.

Perante o cenário, os militares tentaram pôr cobro à situação, ordem que não foi bem aceite pelos presentes, que acabaram por agredir um dos militares.

Após as agressões, dois populares foram identificados e detidos. O militar da GNR foi transportado para o Hospital Padre Américo, em Penafiel.

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.