ambulancia 1


Um menino de cinco anos quase que sufocou, depois de ter colocado uma braçadeira de plástico à volta do pescoço, enquanto brincava em casa, em Lordelo, no concelho de Paredes.

Ao que o Jornal IMEDIATO apurou, o acidente aconteceu na noite desta quinta-feira, durante uma brincadeira de crianças, quando o menino brincava com outra criança em casa, enquanto a mãe tratava das lides domésticas. Numa mala de ferramentas, encontraram uma braçadeira de plástico, que o menino colocou em volta do pescoço e apertou, começando a sufocar.

Foi a mãe que encontrou a criança já com dificuldades em respirar e, em pânico e sem a conseguir libertar, alertou os Bombeiros Voluntários de Lordelo por volta das 22h15. “Quando chegamos ao local, o menino estava a sufocar, com a braçadeira apertada à volta do pescoço”, explicou José Freitas, comandante da corporação lordelense.

Os bombeiros cortaram fita e a criança “recuperou o fôlego”. Foi assistida no local pelos bombeiros e pela equipa da viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Vale do Sousa e transportada ao Hospital Padre Américo, em Penafiel, “por precaução”, informou o comandante.

Para o local foi também mobilizada uma patrulha da GNR de Lordelo. 

Subscreva a newsletter do Imediato

Assine nossa newsletter por e-mail e obtenha de forma regular a informação atualizada.