Colégio marca d'água 2020/21

A 54ª edição da Feira Capital do Móvel, organizada pela Associação Empresarial de Paços de Ferreira (AEPF) para mostrar o que de melhor se faz na área do mobiliário no concelho, vai acontecer de 29 de agosto a 06 de setembro, na Alfândega do Porto.

Ao IMEDIATO, Filipa Belo, diretora-executiva da AEPF, adiantou que o local, onde já aconteceu a edição do ano passado, “reuniu reações bastante positivas entre o público e os empresários pacenses”.

Além disso, o edifício, com cerca de 6 mil m², “tem espaço suficiente para assegurar a distância de segurança entre os visitantes” e ainda “corredores largos para definir caminhos de circulação”, adiantou a diretora executiva em exclusivo ao IMEDIATO.

Assim, nos nove dias da feira de mobiliário esperam-se 15.000 visitantes e 50 expositores pacenses no Centro de Congressos da Alfândega do Porto, “números semelhantes às previsões do ano passado”.

Num momento em que a indústria do móvel ainda sofre com as consequências da pandemia de Covid-19, a Feira Capital do Móvel é, para Filipa Belo, mais importante que nunca.

“Passamos um momento difícil, mas temos de ver uma oportunidade aqui. O governo está a lançar medidas de apoio ao consumo interno, é um bom momento para mostrar o que é nosso e a qualidade do nosso mobiliário”, frisou.

Recorde-se que a AEPF já teve de cancelar uma edição da Feira Capital do Móvel, que ia acontecer de 1 a 10 de maio no Centro de Congressos da Batalha (distrito de Leiria), como medida de contenção.