Uma fábrica de confeções situada em Ferreira, Paços de Ferreira, com cerca de 200 funcionários, foi encerrada na passada sexta-feira, dia 27 de março. O Jornal IMEDIATO sabe que o encerramento se deveu ao facto de haver casos positivos na empresa.
Os funcionários foram colocados de quarentena.

Paços de Ferreira, tem atualmente 41 casos positivos de COVD-19, tendo registado duas vítimas mortais, segundo informação veiculada pelo autarca pacense, Humberto Brito, na rede social Facebook.

Este encerramento representa uma realidade para a qual o autarca local tem alertado diversas vezes, após terem começado a surgir os primeiros casos. Sendo Paços de Ferreira um concelho com mais de cinco mil empresas, principalmente na área de mobiliário e têxtil, Humberto Brito tem apelado ao seu encerramento, ou à adoção de medidas preventivas que permitam reduzir a propagação do vírus.