O presidente dos Bombeiros Voluntários de Penafiel foi assaltado ao início da tarde de ontem, em pleno centro da cidade penafidelense. O ladrão foi capturado pelo Capitão Alves e pelo Tenente Mouro, da GNR de Penafiel, durante a sua pausa de almoço, que se aperceberam do assalto quando regressavam ao quartel.

O assalto ocorreu ao início da tarde na principal rua da cidade. Eduardo Nunes ia com a esposa, quando foi surpreendido pelo assaltante. “De repente vejo um homem, com o capuz do casaco posto na cabeça, a correr na minha direção. Quando chegou mais perto acelerou o passo e arrancou-me a carteira e o telemóvel que eu levava na mão”.

Depois de assaltado, Eduardo Nunes correu em perseguição do assaltante. “E comecei a berrar, para agarrar que era ladrão”. Foi nesse momento que o Capitão Alves e o Tenente Mouro, que se encaminhavam para o quartel após o almoço, apercebendo-se do sucedido, foram, à paisana, em perseguição do indivíduo. Conseguiram capturá-lo poucos metros depois, por trás da Câmara Municipal. “Graças à intervenção do Capitão e do Tenente, apanhou-se o ladrão rapidamente e recuperei as minhas coisas”, referiu Eduardo Nunes.

O ladrão, um jovem de 18 anos sem antecedentes criminais, atualmente a residir no Porto, mas natural de Lisboa, foi levado pelos militares para o posto da GNR de Penafiel. Foi identificado e libertando, tendo sido notificado a comparecer no tribunal na próxima segunda feira.