Dois homens, de 47 e 35 anos, foram detidos pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas da GNR de Penafiel, em Paços de Ferreira e Penafiel, pelos crimes de violência doméstica.

Em Paços de Ferreira, foi detido um homem de 47 anos, que exercia violência psicológica sobre a ex-mulher de 46 anos, pelo facto de não aceitar o divórcio e o atual relacionamento da mulher. Injuriava-a e perseguia-a, fazendo ainda ameaças de morte à vítima e ao atual companheiro desta.

O homem já tinha sido condenado a dois anos e dois meses de prisão, pena suspensa, pelo crime de violência doméstica contra a mesma mulher. Estava ainda sujeito a regime de prova e à pena acessória de proibição de contactos com a vítima, com fiscalização através de pulseira eletrónica, medidas que foram extintas em julho de 2019.

Foi detido e está a ser presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, para aplicação de medida de coação.

Já em Penafiel, um homem de 35 anos foi detido por agredir física e psicologicamente os pais, ambos com 70 anos, coagindo-os diariamente a entregar dinheiro, sob a ameaça de agressões físicas, tendo nas últimas semanas ameaçado o progenitor com recurso a arma branca e ainda provocado danos na sua habitação.

O suspeito, consumidor de produtos estupefacientes, foi detido e presente a primeiro interrogatório judicial. Ficou obrigado a afastar-se da residência e proibição de contactos com as vítimas, por qualquer meio ou forma, controlado por pulseira eletrónica, e ser submetido a tratamento de desintoxicação às drogas.