O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Amarante deteve seis homens, com idades compreendidas entre os 20 e os 44 anos, pelo crime de furto qualificado, no concelho de Vila Real. Este são ainda suspeitos de mais 19 crimes de furto qualificado, ocorridos em Amarante, Marco de Canaveses, Lousada, Felgueiras, Paredes e Ponte de Lima, quatro deles ocorreram durante a madrugada de hoje em estabelecimentos e empresas no concelho de Ponte de Lima.

Após algumas diligências, foi dado cumprimento a seis mandados de detenção, a três mandados de busca domiciliária e a quatro mandados de busca a veículos que culminaram na apreensão de cerca de 18 mil euros, em dinheiro, diversas notas de vários países, Bélgica, Estados Unidos, Angola, Moçambique e Reino Unido, quatro veículos, 22 telemóveis, seis tablets, quatro computadores portáteis, um televisor, um GPS, seis rádios tipo walkie-talkie, um disco rígido externo, diversos material de construção civil, uma máquina de diagnóstico auto, um medidor de pressão arterial, um par de brincos em ouro, 140 raspadinhas premiadas, ferramentas diversas e chaves e documentos de automóveis.

Estiveram envolvidos na operação um total de 46 militares, o Comando Territorial do Porto, Viseu, Viana do Castelo e Braga e da Unidade de Intervenção.

Os suspeitos, com antecedentes criminais, encontram-se detidos no Destacamento Territorial de Amarante e serão presentes esta sexta-feira, pelas 10:00 horas, a 1.º interrogatório judicial .no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *