O espírito do Natal e da solidariedade, foi partilhado na tarde de ontem entre a direção e atletas do Futebol Clube de Penafiel e 30 famílias carenciadas e duas instituições do concelho, durante a entrega de cabazes de natal aos crescidos e bolas para os mais pequenos.
O apelo foi lançado pelo clube aos atletas de todos os escalões de formação e escalão principal, sócios e simpatizantes e comunidade em geral. Por um bem alimentar, o Futebol Clube de Penafiel oferecia um bilhete para o jogo do próximo domingo, que vai colocar em campo o clube duriense e o Farense, no Municipal 25 de Abril.
E a resposta foi “muito positiva”, afirmou António Gaspar Dias, presidente do Futebol Clube de Penafiel, acrescentando que “todos se empenharam nesta iniciativa que permitiu recolher centenas de quilos de alimentos para partilhar com as famílias mais carenciadas no nosso concelho”.
Susana Ribeiro é de Penafiel e tem seis filhos com idades entre os nove e os 26 anos. Foi uma das pessoas que se deslocou ontem ao estádio, acompanhada do marido e das suas quatro filhas mais novas. “Esta é uma boa ajuda para nós. Fiquei muito contente pelo que nos deram, mas também pelas surpresas que deram às crianças”.
Susana Ribeiro está desempregada e o marido não pode trabalhar pois tem uma incapacidade de 79 por cento. Estiveram emigrados em França e, em maio, regressaram a Portugal e a “a vida não tem sido fácil”. “Principalmente nesta altura, que as crianças querem uma prendinha do Pai Natal”.
Rafa Sousa, um dos capitães do FC Penafiel também contribuiu e esteve presente na entrega dos cabazes. “Esta é uma iniciativa de louvar do Penafiel e pode fazer com que outras instituições tomem a mesma iniciativa, nesta época que nos sensibiliza a todos”.
António Gaspar Dias, agradeceu a presença de todos e deixou uma mensagem de esperança e de agradecimento pela lição de espírito de equipa e de solidariedade que, de forma indireta, conseguiram transmitir a todos o clube. “Com esta ação procuramos transmitir aos nossos atletas aquilo que dentro de campo também temos que ter, solidariedade uns com os outros pois só assim conseguimos ser uma grande instituição. E vocês que estão cá hoje, deram-nos uma lição muito grande de solidariedade, espírito de equipa e companheirismo. Esperamos que esta nossa ação vos possa trazer algum conforto”, rematou o presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *