Um grupo de sete indivíduos, afetos ao Clube Desportivo das Aves, refugiou-se na noite deste sábado no quartel dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira, alegadamente para fugirem de elementos simpatizantes do Futebol Clube de Paços de Ferreira.
Terá sido o desaparecimento da bandeira do clube de vila das Aves da entrada do estádio Capital do Móvel, durante o jogo que colocou em campo as duas equipas e que decorreu à porta fechado devido a castigo aplicado ao clube pacense, que esteve na origem do incidente.
Ao que o Jornal IMEDIATO conseguiu apurar, já depois do final do jogo, simpatizantes do Aves ter-se-ão envolvido em desacatos com elementos da claque pacense, no centro da cidade. Acabaram por fugir para o quartel dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira, onde se esconderam. Do lado de fora, a presença de cerca de meia centena de pacenses levou a que fossem chamadas as autoridades.
Os sete elementos acabaram depois por abandonar o quartel numa ambulância, sob escolta policial e levados para Vila das Aves, para o posto da GNR.
O Aves emitiu, posteriormente, um comunicado, a anunciar o corte de relações institucionais com o clube pacense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *