Rui Rio, presidente do Partido Social Democrata (PSD), visitou na terça-feira de manhã a Feira da Capital do Móvel, na Alfândega do Porto. O recém-eleito líder do partido em Paços de Ferreira, Alexandre Costa, acompanhou a visita e deu nota da falta de mão-de-obra qualificada no mobiliário.

Em comunicado, o PSD de Paços de Ferreira informou que na visita à 54ª edição da feira estiveram presentes vários elementos das estruturas local, distrital e nacional do partido e que esta serviu para “cumprimentar os expositores presentes e perceber a dinâmica que a feira está a ter”.

Além de sublinhar a importância da feira para o setor do mobiliário, o atual líder do PSD de Paços de Ferreira deu nota a Rui Rio da carência de mão-de-obra qualificada em indústrias como as do mobiliário, sendo que “o ensino profissional vocacionado para a área seria uma oportunidade e uma porta de entrada de muitos concidadãos no mercado de trabalho”.

Na sua intervenção aos jornalistas, o próprio “líder máximo do PSD” abordou a questão e colocou “na agenda da discussão política esta temática da especialização profissional de acordo com a oferta que existe no mercado de trabalho”.

Segundo a nota de imprensa do PSD de Paços de Ferreira, à margem da visita, Rui Rio demonstrou ainda “disponibilidade para colaborar” com a comissão política do PSD de Paços de Ferreira recentemente eleita, “para trazer uma nova atitude ao debate político” do concelho.