Três homens, de Penafiel, Freamunde e Lordelo, foram detidos pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) da GNR de Penafiel, por violência doméstica.
A primeira detenção aconteceu em Penafiel, no âmbito de um inquérito pelo crime de violência doméstica, que decorria há cerca de seis meses em Penafiel, onde o suspeito de 48 anos sujeitava a sua esposa de 34 anos, a maus tratos físicos e psicológicos.
As autoridades realizaram duas buscas domiciliárias, que culminaram com a detenção do suspeito, em flagrante delito, pelo crime de detenção de arma proibida, tendo sido apreendidas duas carabinas ilegais, 484 munições de 9mm, um dispositivo de gás lacrimogéneo e 30 armas brancas.
Dois dias depois, na localidade de Freamunde, no decorrer de uma investigação por um crime da mesma natureza que decorria há três meses, a GNR realizou uma busca domiciliária, que culminou na apreensão de duas espingardas de caça e dois cartuchos de cal. 12, tendo sido detido o suspeito, de 58 anos, por ofensas à integridade física e ameaças de morte com recurso a armas de fogo, à esposa de 53 anos.
Estes dois detidos foram constituídos arguidos e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.
Ainda em Lordelo, mediante mandado de detenção, as autoridades prenderam um homem de 42 anos, que sujeitava a sua companheira, de 38 anos, a maus tratos físicos e psicológicos. Presente ao Tribunal de Instrução Criminal de Marco de Canaveses, o homem ficou sujeito a termo de identidade e residência e proibido de se aproximar e contatar com a vítima.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *