O FC Paços de Ferreira confirmou a presença da Polícia Judiciária (PJ) nas instalações do clube para efetuar buscas no âmbito de um processo ligado a corrupção desportiva. Em comunicado, os responsáveis dos castores revelam total disponibilidade para colaborar com a justiça com vista ao “esclarecimento e defesa do bom nome da instituição”.

Recorde-se que este caso foi conhecido na manhã desta segunda-feira e envolve quatro sociedades desportivas (Benfica, Desp. Aves, V. Setúbal e Paços de Ferreira). A PJ do Porto já informou que está a realizar 14 buscas domiciliárias e 10 não domiciliárias, quatro das quais em sociedades desportivas, por suspeitas de corrupção ativa e passiva, tráfico de influência e oferta ou recebimento indevido de vantagem.

EIS DO COMUNICADO DO FC PAÇOS DE FERREIRA
O Futebol Clube de Paços de Ferreira informa que no âmbito de um processo de investigação, colaborou com as autoridades policiais prestando toda a informação solicitada com vista ao esclarecimento e defesa do bom nome da instituição.

O Futebol Clube de Paços de Ferreira está totalmente disponível para cooperar com todas as entidades com vista ao esclarecimento de todo e qualquer processo de investigação.

O Clube sempre pautou as suas condutas por princípios de legalidade e por via disso aguardará com total serenidade os desenvolvimentos processuais, garantindo a todos os associados a defesa da honra e bom nome da instituição.

O processo está em segredo de justiça.

Paços de Ferreira, 25 de Junho de 2018
A Direção do Futebol Clube de Paços de Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *