O ano de 2019 vai ser, em Lousada, o Ano Municipal da Educação. O arranque foi assinalado com uma cerimónia, que decorreu no passado dia 15 de fevereiro, na Escola Secundária de Lousada.

Na sessão, o Presidente da Câmara Municipal de Lousada, Pedro Machado, começou por destacar que “a educação é uma das marcas do concelho, sendo considerado um exemplo nesta área e isso deve-se, em grande parte, ao trabalho desenvolvido nas últimas duas ou três décadas”.

Ainda de acordo com o autarca, “para que o concelho apresente estes resultados tem sido de enorme importância o trabalho de todos os agentes educativos, nomeadamente dos diretores dos agrupamentos de escolas. O envolvimento da comunidade mostra-se muito importante para que seja possível dar continuidade à aposta na valorização, dando mais ferramentas aos jovens”.

No âmbito do Ano Municipal da Educação, o município vai promover, em articulação com a comunidade educativa, o Plano Anual de Atividades Municipais para as Escolas (www.cm-lousada/pt/educacao), com um conjunto alargado e diversificado de atividades, bem como, o Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar, que visa aumentar o tempo de permanência na escola aumentando o sucesso educativo.

Desta forma, para este novo ano, a aposta na educação intensifica-se com a realização de um conjunto de obras de melhoramento nas instalações escolares, em particular nos edifícios do pré-escolar e 1.º ciclo e ainda intervenção na Escola Básica de Lousada Centro.

Por outro lado, vai ser disponibilizado mais equipamento de apoio para as escolas do 1.º ciclo, como instrumentos musicais, material para a experimentação das ciências e da educação física, entre outros.

As novas atividades a promover abrangem as diferentes faixas etárias e ciclos de aprendizagem e, está ainda prevista, uma nova plataforma de comunicação, on-line, entre o Município e a comunidade educativa.

A formação dos diferentes agentes educativos merece igualmente atenção com destaque para o incremento da formação parental através da realização de debates e fóruns que permitam aos encarregados de educação aprofundar as principais problemáticas e desafios que envolvam as crianças e os jovens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *