A diretora da cadeia de Paços de Ferreira apresentou demissão, depois de nos últimos dias terem sido divulgadas, nas redes sociais, imagens de uma festa entre os reclusos e de, na madrugada desta sexta-feira ter sido realizada uma busca a uma ala do estabelecimento prisional, durante a qual foi apreendido diverso material proibido, entre o qual 79 telemóveis, drogas, comprimidos e um passaporte.
Segundo um comunicado do Ministério de Justiça, Maria Fernanda Barbosa apresentou a demissão, “numa manifestação de dignidade, de respeito pelos Serviços e de defesa do interesse público”.
A polémica surgiu na sequência de festa de aniversário de um recluso, filmada em direto para o Facebook numa das alas do Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira, no passado sábado. A festa originou uma rusga na Ala A daquele estabelecimento prisional, que envolveu cerca de uma centena de elementos do corpo da guarda prisional do Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira, dos dois esquadrões do Grupo de Intervenção e Segurança Prisional (GISP) e diversos binómios dos dois grupos cinotécnicos.
Da busca, que terminou às 5.30 horas desta sexta-feira, “resultou a apreensão de 79 telemóveis, 20 ampolas de anabolizantes, 8 seringas, 1 balança de precisão, 1 passaporte, 2 pares de luvas de de luta MMA, 6 plastrons, 1 alambique artesanal, 2 baldes de fruta fermentada, centenas de comprimidos, diversos, 45 maços de tabaco, 6 caixas de tabaco avulso, 98 gramas de uma substância que se presume ser haxixe, 20 gramas de uma substância que se presume ser heroína e 1 grama de uma substancia que se presume ser cocaína”, revela um comunicado da Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *