Dois homens, pai e filho, perderam a vida esta segunda-feira, num violento acidente que aconteceu na ponte de Sobache, na zona de Val D’Argent.
Luís e Gilberto Cunha, de 60 e 39 anos, residentes em Sélestat, nos arredores de Estrasburgo, eram naturais do concelho de Paços de Ferreira. Trabalhavam os dois em França, numa empresa de construção. Na madrugada de segunda-feira saíram de casa em direção a Lille para uma viagem de 600 quilómetros em direção a uma obra na qual trabalhavam durante toda a semana. Poucos quilómetros depois, o carro conduzido por Gilberto Cunha, por razões desconhecidas, invadiu a faixa contrária e chocou de frente com um camião. Pai e filho tiveram morte imediata.
Luís Cunha era natural de Arreigada e estava emigrado em França há cerca de 20 anos. Também a mulher e os dois filhos se juntaram ao homem há cerca de uma década.
Gilberto Cunha tinha também consigo em França e a mulher e duas filhas menores.
O funeral dos dois homens realiza-se este sábado, em Modelos, Paços de Ferreira, de onde é natural a mulher de Luís Cunha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *