O Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) recebeu esta quarta-feira, dia 2 de janeiro, 84 novos médicos internos numa cerimónia de acolhimento que decorreu no auditório do Hospital Padre Américo, em Penafiel.
Do total de 84 médicos internos que iniciaram este ano a sua formação no CHTS, 67 são internos de Formação Geral e 17 são internos de Formação Específica, distribuídos pelas especialidades de Anestesiologia, Cardiologia, Cirurgia, Endocrinologia, Ginecologia/Obstetrícia, Medicina Interna, Ortopedia, Psiquiatria e Psiquiatria da Infância e Adolescência.
Aos novos médicos internos foram apresentados os diferentes Serviços pelos seus diretores, bem como ainda lhes foi dado a conhecer as formalidades e as dinâmicas institucionais do Centro Hospitalar.
Braga da Cunha, diretor do Internato Médico, deu as boas-vindas aos novos médicos internos e desejou o maior sucesso profissional nesta nova etapa.
O presidente do Conselho de Administração, Carlos Alberto, apelou à capacidade e disponibilidade dos novos médicos internos para “ir ao encontro das necessidades da população que é uma população imensa. O CHTS integra o Hospital de Penafiel e o Hospital de Amarante, servindo uma população superior a meio milhão de pessoas.”
Maria Inês Bertão e Nuno Amorim, os dois naturais do Porto, são internos de Formação Geral e ambos mencionaram o CHTS como uma das primeiras opções para fazerem o Internato Médico.
Maria Inês aponta a proximidade ao Porto como uma das razões para a escolha do CHTS e também por “não se tratar de um típico hospital central, existe uma maior proximidade aos utentes que vai permitir o tão esperado contacto real com os doentes”.
A localização é também referida por Nuno Amorim que assume ainda “a escolha consciente de que vinha para cá. Já conhecia o hospital e quis regressar. Nem coloquei como opção hospitais centrais “.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *