Depois de organizar um périplo pelos rios Ferreira e Sousa, o Bloco de Esquerda adiantou que o eurodeputado José Gusmão vai questionar a Comissão Europeia sobre os atentados ambientais nos dois rios.

Os deputados do Bloco de Esquerda começaram por reunir com o presidente da junta de freguesia de Lordelo, Nuno Serra, bem como com as ativistas do movimento “Mataram o rio Ferreira” e a Associação Moinho, em Lordelo.

“Apesar da ETAR de Arreigada ter entrado na última fase no inicio de setembro, as descargas continuam de forma constante, o que levará o eurodeputado do Bloco, José Gusmão a questionar a Comissão Europeia”, adiantou o partido em comunicado.

De seguida, a comitiva deslocou-se a Novelas, concelho de Penafiel, onde os ataques à biodiversidade do rio Sousa “são recorrentes” e, segundo populares, oriundas da zona industrial.

A iniciativa terminou em Macieira, concelho de Lousada, onde o eurodeputado, acompanhado pela deputada Maria Manuel Rola e por lousadenses, verificaram “descargas para o rio Sousa alegadamente provenientes de uma vacaria ilegal”.

“Não é aceitável que um rio Sousa já fustigado por crimes ambientais, lhe seja acrescentado mais este crime”, considerou o partido.

ouro e prata