Os Correios de Portugal (CTT) vão entregar o Cartão de Cidadão em casa, de forma gratuita, aos portugueses com mais de 18 anos que pediram e pagaram a renovação do CC, mas não têm agendamento marcado para o levantar até 31 de outubro.

O projeto piloto do Instituto de Registos e Notariado (IRN) arrancou na sexta-feira, em Oeiras, com 6.000 cidadãos, mas pretende dar resposta a 100 mil cidadãos” através das cerca de 550 Lojas CTT e cinco mil carteiros espalhados pelo país.

A iniciativa resulta de um trabalho conjunto dos CTT com a área governativa da Justiça e da Modernização do Estado e da Administração Pública e pretende dar resposta “ao crescente número de cartões de cidadão que ficaram por entregar devido à pandemia”. Estima-se que 350 mil cartões estejam por levantar, devido ao congestionamento de serviços.

A medida abrange cidadãos com 18 ou mais anos residentes em Portugal, que pediram e pagaram a renovação do CC, mas não têm agendamento marcado para o levantar até 31 de outubro.

“Os clientes receberão um SMS ou um correio eletrónico do IRN, conforme os contactos que tenha associado, a avisar da entrega do documento por correio registado e a informar que a receção só pode ser feita pelo próprio, e mediante prova da sua identidade”, explicaram os CTT.

Foi ainda esclarecido que, caso não seja possível a entrega na residência do cidadão naquele momento, o levantamento pode ser feito na loja dos Correios, através do aviso de entrega. Em alternativa, o cidadão poderá recorrer ao serviço Alterar Entrega, que permitirá alterar o local de entrega, numa morada da sua preferência.

Por razões de segurança, apenas o titular do cartão o poderá rececionar, seja em casa, seja no balcão dos CTT (no caso de estar ausente e ir levantar com o aviso de entrega), uma vez que é obrigatório comprovar a sua identidade de forma presencial.